logo

Copyright ©2019 REDLARA

Blog

A Organização Mundial da Saúde (OMS) publicou recentemente um documento muito esperado pela comunidade internacional que representa a posição da OMS com respeito à infertilidade e aos cuidados da fertilidade. Este documento enfatiza o conceito de infertilidade como uma doença e a situa no contexto dos direitos humanos aos que têm acesso pessoas, assim como casais heterossexuais e do mesmo sexo. O documento reconhece as múltiplAs barreIras  e a iniquidade no acesso a tratamentos que sejam seguros e eficientes, incluídas as técnicas de reprodução assistida. Finalmente, o documento reafirma a importância de possibilitar leis e políticas públicas que garantam acesso universal a prevenção e tratamento de infertilidade e a necessidade de monitorar a implementação destas ações.

O esforço coletivo da REDLARA para gerar informação confiável sobre acesso, segurança e eficiência no uso de técnicas de reprodução assistida na América Latina, assim como os programas educacionais implementados pela REDLARA estão de acordo com as recomendações da OMS e presentes neste folheto informativo. 


Clique aquí para documento completo em PDF.