Situação atual da reprodução assistida na América Latina e no mundo.
 
Visitas de Acreditação

Processo de Acreditação

 

Em 1997, inicia-se o processo de Acreditação, com o objetivo de promover um melhor funcionamentos dos centros associados à RED e garante a veracidade dos dados enviados ao Registro Latinoamericano de Reproducción Asistida (RLA).

 

Requisitos para a Acreditação:

Qualquer centro que tenha interesse em associar-se a RED deve:

• Possuir pessoa jurídica vigente;

• Cumprir com as normas sanitárias de seu país e as solicitadas pela RED;

• Relatar seus resultados ao Registro Latinoamericano de Reproducción Asistida (RLA);

• Aceitar pagar a taxa destinada para a visita (USD 1,200).

Etapas do processo de acreditação:

1. O centro deve manifestar seu interesse em pertenecer à RE, solicitando-o à Secretaria da RED;

2. Deve relatar seus dados ao RLA;

3. É programada uma visita de acreditação, que é realizada por dois acreditadores (geralmente um clínico e um biólogo), que são escolhidos entre os centros acreditados da RED. Os acreditadores devem cumprir os seguintes requisitos: ter formação apropriada, não possuir qualquer relação com o centro que irão visitar, aceitar a confidencialidade da informação recebida para a visita e pertencer a um centro acreditado da RED;

 

Durante a visita, deverão estar presentes o Diretor do Centro e o Diretor do Laboratório.

 


Pontos a serem avaliados durante a visita de acreditação:

1. O laboratório de Reprodução Assistida: suas instalações, equipamentos e sistemas de registro e de controle de qualidade.

Obs.: serão considerados os parâmetros que se encontram no Manual de Procedimentos de Laboratório de Reprodução Assistida da RED, nas Normas de Acreditação e os Formulários de Avaliação – check-list.

2. Verificação dos dados relatados ao RLA;

3. Historias clínicas e de laboratório de embriologia;

4. Consentimentos informados (devidamente assinados);

5. CV dos profissionais do centro;

6. Eficiência do centro;

7. Os manuais de procedimentos (clínico e de laboratório);

8. Toda a documentação de back up às perguntas assinaladas com & do Questionário (Check-list).

ESCLARECIMENTO IMPORTANTE:

Quando se pergunta pela existência de critérios, protocolos, controles, etc., deve-se entender que solicitamos que estejam escritos ou documentados e que sejam mostrados quando o acreditador o solicite. A documentação correspondente às perguntas marcadas com o símbolo & deverão ser mostradas sempre. Outras evidências (certificações de instrumentos, bioensaios de meios comerciais, etc.) devem ser mostradas se o acreditador as solicita.  Após completar o questionário, deverá ser assinado pelo Diretor Médico do Centro e o  Diretor del Laboratório. No caso de que uma pergunta não se aplique ao Centro, deverá explicar-se no mesmo lugar do Questionário, dando as razões pelo qual Não aplica. Estas perguntas serão deduzidas do total no momento de estabelecer a porcentagem de respostas adequadas obtidas.

 

Avaliação:

Classificação das perguntas: existem quatro tipos de perguntas:

Categoria 1:  INDISPENSÁVEL

Categoria 2:  MUITO IMPORTANTE

Categoria 3:  IMPORTANTE

Categoria 4:  SUGERIDO

 

Para conseguir sua ACREDITAÇÃO, o centro deve cumprir com: 95 a 100% das perguntas Categoria 1 (para los procedimentos que realiza) e 75% das perguntas Categoria 2.


Se um centro acumula 85 a 94% de respostas adequadas às perguntas de Categoria 1 e 75% de respostas cumpridas às perguntas Categoria 2, receberá uma ACREDITAÇÃO CONDICIONAL, com o prazo de 1 ano para resolver as falências encontradas. Ao término deste período, o Comitê de Acreditação avaliará as modificações realizadas pelo centro e fará sua recomendação ao Conselho de Diretores.

Para obtener sua ASSOCIAÇÃO, o centro deve reunir: 76 a 84% de respostas às perguntas de Categoria 1 e 75% de respostas às perguntas Categoria 2.

Se um centro acumula 70- 75% de respostas cumpridas às perguntas de Categoria 1 e 50% de respostas às perguntas de Categoria 2, receberá uma ASSOCIAÇÃO CONDICIONAL, com o prazo de 1 ano para resolver as falências encontradas. Ao término deste período, o Comitê de Acreditação avaliará as modificações realizadas pelo centro e fará sua recomendação ao Conselho de Diretores. Os dados relatados por estes centros não serão incorporados ao Registro Latinoamericano.

Se não chegue a reunir o número de respostas aceitáveis, o centro será RECUSADO.

 

Processo de avaliação - depois de realizada a visita:

Os acreditadores relatam os resultados diretamente ao Comitê de Acreditação e realizam seus comentários e sugestões sobre os centros visitados. Para tomar esta decisão, o Comité se baseia nas normas de acreditação, nos formulários de avaliação (Check-list) e nos comentários que os acreditadores realizam depois das visitas. O Comitê apresenta sua decisão ao Conselho de Diretores (CD) e este toma a decisão final. 

 

Resultado:

Um centro pode resultar acreditado (socio activo), associado (socio suscriptor) ou recusado. Cada centro visitado recebe uma carta com as sugestões realizadas pelos Acreditadores. Estas sugestões têm por objetivo melhorar a qualidade de atenção de cada centro a seus pacientes.

Os centros que resultem associados poderão manter esta condição por um período máximo de 3 anos, quando serão novamente visitados. Igualmente, aqueles centros que foram recusados, serão convidados a participar  novamente, uma vez que tenham realizados as alterações sugeridas.


DOWNLOADS

Normas de Acreditção
Questionários de Avaliação

     
 
Untitled Document
Acreditação
Reacreditação
Comitê de Acreditação
Documentos
 
Home
Área Restrita
Quem somos
Registro
Acreditação
Pec Online
Congressos
Publicações
Dúvidas
Fórum
Contato
 
 
Nesta seção, você encontrará dados sobre os centros acreditados e afiliados pertencentes à Rede Latino-americana de Reprodução Assistida.